10 de agosto de 2008

Melhor que o silêncio, só show de João

Coerência e genialidade. Não há outras formas para descrever a figura que modernizou a música brasileira e, em apenas um disco, livrou todo o País dos bolerões sentimentais que infestavam as rádios no fim dos anos 1950.

João Gilberto, aquele que diz que faz samba, e não bossa nova.

João Gilberto, aquele que nunca abriu concessão a sua arte.

João Gilberto, aquele que disse que as árvores se descabelavam. Ao ser interpelado por uma pessoa desavidada, que explicou que as árvores não têm cabelos, respondeu: "E tem gente que não tem poesia".

João Gilberto, aquele que quase enlouqueceu todos os músicos na gravação de Chega de Saudade, porque eles insistiam em não ter sua genialidade.

João Gilberto, aquele que disse pra Tom Jobim: "Você é brasileiro, Tom, você é preguiçoso".

João Gilberto, aquele que, ao gravar com Stan Getz, balbuciou em português: "Como este gringo é burro".

João Gilberto, aquele que explica que cantar é como rezar. Acima da técnica e do alcance vocal tem que ter sinceridade.

João Gilberto, aquele que é melhor que o silêncio.

João Gilberto, aquele que fará dois shows em São Paulo nos dias 14 e 15 de agosto.

Bruno, aquele que conta os milésimos de segundos pra estar em uma das cadeiras do Auditório do Ibirapuera na apresentação de sexta-feira.

Amém.

6 comentários:

aline disse...

aline, aquela que já sente cólicas de inveja antecipada...

=/

Thiago Nunes disse...

"joão gilberto aquele americano!"
josé ramos tinhorão

hahahahahahaha
gosto do teu blog cara...

abraços

L.F disse...

tem algo que não 'me desce' no JG, mas eu amo o samba, mesmo assim.

;)

Mika disse...

Saravá João Gilberto...

como disse a mocinha...cólicas de inveja antecipada...

Thaiane Guerra disse...

E então Bruno...
em sua opinião qual o melhor disco do JG?

Sei que pode dizer: "Ah... mas isso não é coisa para se classificar dessa maneira".

Então reitero desde já. risos.
Em sua opnião, qual o melhor disco do JG?

- o blog é ótimo.

Non Sequitur disse...

fazendo a íntima (já que Ligia é minha amiga querida)..... a versão "Disse Alguém", com todos os baianos juntos, aquela letra para mim supera o All of Me. Com todo respeito, Billie Holiday.